Estádio de Pituaçu recebeu Holanda e espera a Bósnia na Copa

Campo passou por poucas mudanças estruturais desde a realização da Copa das Confederações no ano passado

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA E THIAGO PRATA |

Estádio do Pituaçu já havia passado por reformas para 'receber' a Copa das Confederações em 2013
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Estádio do Pituaçu já havia passado por reformas para 'receber' a Copa das Confederações em 2013

Salvador (BA). Enquanto o Barradão passou por uma reforma considerável, mas ainda não recebeu treinos de seleções nesta Copa do Mundo, o estádio de Pituaçu nem precisou de tantas modificações e teve o privilégio de sediar uma atividade de uma das melhores seleções da primeira fase da Copa do Mundo, a Holanda.

Foi uma surpresa, já que o treino em questão estava previsto para o campo do Vitória e acabou mudando de local – ninguém sabe os motivos desta transferência. E um presente que caiu dos céus, uma vez que algumas equipes desistiram de utilizar o estádio, que vive agora a expectativa de acolher outros times.

Administrado pelo Governo da Bahia, Pituaçu não precisou se submeter a muitas mudanças estruturais para o Mundial. Apenas alguns ajustes foram o suficiente para o Centro Oficial de Treinamento (COT) ficar à disposição da Fifa.

“Nós já tínhamos o estádio preparado desde a Copa das Confederações (de 2013). Não tivemos nenhuma grande mudança. Tivemos que pintar os vestiários, pois eles (Fifa) acharam que precisava, e mais nada. A manutenção normal é feita por uma empresa contratada, sempre com acompanhamento da Fifa durante esse período em que o estádio foi entregue para o Mundial”, relatou o administrador do estádio, Helio Ferraro.

Mas se por um lado, Pituaçu recebeu a visita ilustre da Laranja, que, dois dias depois de treinar no local, atropelou a Espanha, por 5 a 1, por outro, o estádio do Governo teve duas baixas. Na última hora, a Fúria e a Suíça optaram por não trabalhar no estádio. Nada que frustrasse os funcionários.

“Aqui estava prevista a Espanha, a Suíça e a Bósnia, sendo que as duas primeiras não vieram. Não sei ainda se Bósnia virá na segunda-feira. O jogo da Bósnia é no dia 25 (contra o Irã, na Fonte Nova, pela última rodada do grupo F) e está previsto que o time deles treine aqui (em Pituaçu) no dia 23. Mas, a esta altura, não sei se eles virão”, disse Ferraro.

De qualquer modo, o estádio segue a postos caso precise sediar treinos da Bósnia e de seleções que se classificarem para oitavas e quartas de final.

“Para a gente seria apenas mais um trabalho. A gente fica de plantão aguardando. Como aqui é do Estado, a gente folga até quinta-feira (26). Se eles (Bósnia) vierem, teremos de ligar para algumas pessoas para virem receber a delegação deles”, salientou.

Leia tudo sobre: PituacuBarradao