Maracanazo e eletrizante: veja a repercussão da eliminação espanhola

Fúria perdeu por 2 a 0 para o Chile e foi eliminada da Copa do Mundo na primeira fase

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Terra Chile exaltou o Chile histórico
REPRODUÇÃO/TERRA CHILE
Terra Chile exaltou o Chile histórico

A Espanha repetiu os fiascos de Brasil (1966), França (2002) e Itália (1950 e 2010), e foi eliminada na primeira fase da Copa seguinte a conquista do título mundial. No entanto, a Fúria passou vergonha já na segunda rodada, sem chance alguma de se classificar na terceira. Com a derrota para o Chile por 2 a 0, no Maracanã, a equipe de Vicente Del Bosque deu adeus ao torneio.

E a repercussão internacional se dividiu entre alegrias e tristezas. O 'Diario AS' estampou "Maracanazo" em sua manchete, lembrando da tragédia brasileira em 1950, que agora ocorre com a Espanha, no mesmo estádio. Já o 'Mundo Deportivo' disse que foi um "triste adeus da campeã". O 'Sport', por sua vez, crava uma "eliminação histórica da Espanha".

Já no Chile, é quase tudo festa. O 'Terra Chile' diz que o "Chile histórico ganhou, eliminou a Espanha e está nas oitavas". No entanto, o mesmo portal também lembra do episódio em que torcedores chilenos invadiram e quebraram a sala de imprensa do Maracanã. 90 "hinchas" foram presos. O site trata o episódio como "vergonhoso".