Copasa diz que abastecimento de água não será afetado após acidente

Caminhão carregado com material corrosivo tombou na última terça-feira (17) na BR-040, próximo à Santos Dumont

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Após o tombamento de uma carreta carregada com 18 mil litros do material corrosivo xantato, ocorrido na BR-040, próximo à Santos Dumunt, na Zona da Mata, na terça-feira (17), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) garantiu, nesta quarta-feira (18), que o vazamento não traz riscos de desabastecimento para as cidades banhadas pelo rio Pomba.

O veículo tombou na altura do KM 731, no sentido Belo Horizonte / Rio de Janeiro, durante a madrugada, deixando a rodovia interditada por mais de seis horas. A maior parte do material escorreu pela vala da rodovia e acabou atingindo o rio Formoso, que deságua no rio Pomba, que abastece a cidade de Tabuleiro. 

Por conta disso, equipes da Copasa na cidade de Tabuleiro estão monitorando a situação na região e as medidas necessárias para que a substância não chegue à Estação de Tratamento de Água já estão sendo tomadas.

A empresa responsável pelo transporte será autuada e multada, por se tratar de uma infração gravíssima. Ela também deverá contratar uma empresa especializada para fazer a limpeza do local. 

Leia tudo sobre: acidentecaminhãoBR-040tombamentomaterial corrosivoriocopasaabastecimentotabuleirosantos dumont