A Inglaterra terá de fazer muito para nos vencer, diz uruguaio Cavani

Após derrota para a Costa Rica, na estreia, uruguaios buscam reabilitação diante dos ingleses, que perderam para a Itália

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Equipe treinou no estádio Itaquerão, palco do duelo com os ingleses, na próxima quinta-feira
Reprodução Facebook
Equipe treinou no estádio Itaquerão, palco do duelo com os ingleses, na próxima quinta-feira

Um dos símbolos da qualidade da seleção uruguaia, o atacante Edinson Cavani disse que a Inglaterra terá de fazer o impossível para derrotar o Uruguai, nesta quinta-feira (19), em São Paulo.

Sem nenhum ponto, as duas equipes fazem jogo decisivo pelo Grupo D, às 16h. Quem perder praticamente dá adeus às chances de classificação para as oitavas de final do torneio. Costa Rica e Itália lideram com três pontos e vão se enfrentar apenas na sexta-feira (20).

"Seja contra os ingleses ou não, nossa mensagem é que sempre vamos defender o Uruguai, nossa imagem e nossa pátria. Somos uma seleção difícil de enfrentar, temos caráter e, se eles quiserem nos vencer, terão de fazer muito para nos derrotar", disse Cavani, em entrevista coletiva. Cavani fez 25 gols na última temporada em 43 jogos pelo Paris Saint-Germain. É um dos mais experientes da seleção uruguaia, apesar de não ter tido boa atuação contra Costa Rica.

Mas o atacante de 27 anos explicou que tirou lições do último jogo.

"Foi uma derrota difícil de digerir. Não porque achávamos que seria fácil vencer a Costa Rica, mas porque fizemos um bom trabalho antes da Copa e queríamos começar com o pé direito. A derrota foi culpa nossa, erros que nós cometemos, mas já superamos", disse o jogador.

Sobre a possibilidade de formar dupla com Suárez, Cavani não quis antecipar a escalação do companheiro -algo que o treinador tem feito mistério- mas deu sinais de que é a dupla do jogo.

"Já jogamos juntos e fizemos coisas importantes juntos. Quem entrar vai dar conta do recado e o importante é vencermos e sairmos desse momento que está sendo sofrido", disse Cavani.

Leia tudo sobre: CavaniUruguaiCopa do Mundoseleção uruguaiaInglaterraItaquerãotreinamentotreinoGrupo D