Brigando por vaga, Bernard evita falar sobre atuação de Ramires

Meia-atacante poderia ser a opção de Felipão para suprir a ausência de Hulk; comandante acabou escalando volante do Chelsea

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Bernard estará no banco de reservas contra o Panamá e pode ganhar chance
Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
Bernard estará no banco de reservas contra o Panamá e pode ganhar chance

Fortaleza (CE). No duelo com o México, o técnico Luiz Felipe Scolari acabou poupando o atacante Hulk. O jogador vinha reclamando de dores na coxa esquerda, e o comandante achou melhor dar um descanso ao atleta. O escolhido para ocupar a vaga foi Ramires, que amargou uma atuação questionável e pouco efetiva na marcação e também no apoio ao ataque. Para completar, o volante ainda levou um cartão amarelo no fim da primeira etapa e foi substituído ainda no intervalo por Bernard.

O camisa 20 da seleção brasileira vem sendo uma das opções de Felipão para incendiar a partida em momentos de dificuldade. Curiosamente, na primeira partida, Bernard substituiu Hulk e muitos acreditavam que o treinador poderia optar por sua escalação contra o México. Em disputa clara por uma vaga entre os 11 titulares, o jovem jogador adotou um discurso político ao comentar a atuação de Ramires.

“Acho que a presença do Ramires não mudou nada. Acho que nossa equipe conseguiu impor taticamente as mesmas situações que criamos diante da Croácia. O Ramires não é um jogador tanto de ponta como Hulk, é mais de marcação. No entanto, dentro da partida, ele conseguiu fazer o que foi a passado a ele. Tenho certeza que agradou a todos”, disse Bernard.

Sem mostrar muita preocupação sobre o fato de ser titular ou não, Bernard quer mesmo é estar sempre à disposição de Luiz Felipe Scolari. A vontade do jogador e a felicidade por defender a seleção brasileira é notória em cada treinamento, em cada oportunidade.

“Estou tentando amadurecer com estas oportunidades. O Felipão usa daquilo que ele necessita dentro da partida. Estou bastante feliz com as oportunidades que eu estou tendo. Espero esta retribuindo a confiança que ele está me dando”, apontou.

“Procuro sempre estar centrado, sabendo da responsabilidade que é está vestindo a camisa da seleção brasileira”, completou Bernard.