Substituto de Hulk, Ramires deixa titularidade nas mãos de Felipão

Jogador preferiu evitar avaliações precoces sobre sua atuação no empate sem gols com o México; cartão amarelo foi lamentado

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Fortaleza (CE). Contra o México, nesta terça-feira, o volante Ramires acabou sendo a opção de Luiz Felipe Scolari para ocupar a vaga de Hulk, poupado por conta de dores na coxa esquerda. Sua escalação chamou atenção, principalmente porque o comandante possui à disposição peças mais ofensivas. Ainda no intervalo do empate sem gols, o jogador foi substituído por Bernard.

“Eu procurei fazer o que sempre faço. Quando entro em campo, eu quero ajudar a minha equipe. Fiz o que foi imposto pelo treinador. Agora esta avaliação do papel que eu executei em campo cabe ao professor. Ele é que deve decidir se vai optar por mim ou não. Temos que saber aproveitar as oportunidades”, afirmou Ramires.

Durante os pouco mais de 45 minutos em campo, Ramires teve bons e maus momentos. No fim da primeira etapa, ele acabou levando um cartão amarelo após uma falta dura em Aguilar. O lance foi lamentado pelo volante. 

"Eles (mexicanos) estavam marcando em cima. Toda jogada, eles sempre tinham um para recuperar a bola. Tentei evitar um lance de ataque, mas, infelizmente, acabei levando um cartão. Mas acho que futebol é assim mesmo. Ainda mais quando a gente defende a seleção. Temos que ter entrega sempre", concluiu.