Após fim de restrição, europeu apita duelo entre Inglaterra e Uruguai

Árbitro do jogo será o mesmo que apitou a derrota do Atlético por 3 a 1 diante do Raja Casablanca

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A comissão de arbitragem da Fifa colocou em prática o fim da restrição continental na escalação de juízes da Copa do Mundo e colocou um árbitro europeu para apitar a partida entre Inglaterra e Uruguai. O juiz espanhol Carlos Velasco Carballo irá trabalhar no jogo da próxima quinta-feira (19), em São Paulo, válido pela segunda rodada do Grupo D. Árbitro internacional desde 2008, Carlos Velasco Carballo, 43 anos, é madrileno e apitou a derrota do Atlético por 3 a 1 diante do Raja Casablanca, no Mundial de Clubes do ano passado, em Marrocos. No último Mundial, em 2010, juízes pertencentes a uma confederação não apitaram nenhum jogo de uma seleção do seu continente contra um adversário de outra parte do mundo. A decisão foi revista para o ciclo da Copa do Mundo no Brasil, como revelou à Folha de S.Paulo o chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, na edição do último sábado (14). O ex-árbitro chegou a lembrar que a final do Mundial de Clubes de 2012, quando o Corinthians derrotou o Chelsea, foi apitada por um juiz europeu, o turco Cüneyt Çakir. Apesar do fim da restrição, a Fifa continua priorizando juízes de continentes diferentes daqueles das seleções envolvidas em uma partida, quando as adversárias não são da mesma confederação. A regra provocou na África do Sul-2010 algumas escalações curiosas. A partida entre Paraguai e Espanha, nas quartas de final, foi dirigida por um guatemalteco. A semifinal Uruguai x Holanda, por um juiz do Uzbequistão.

Leia tudo sobre: arbitroeuropeuapitajogoinglaterrauruguaicopa do mundoUruguaiInglaterra