'Não há solução contra Suárez', diz meio-campista da Inglaterra

Lampard afirma que ingleses não podem dar espaço para um dos principais jogadores do Uruguai

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Frank Lampard é jogador da seleção da Inglaterra
CHELSEA/ DIVULGAÇÃO
Frank Lampard é jogador da seleção da Inglaterra

O meio-campista da seleção inglesa Frank Lampard, 35, um dos veteranos do time, resumiu em entrevista nesta terça (17) a preocupação do time para o jogo de quinta (19) contra o Uruguai, no Itaquerão.

"Não há solução contra [Luis] Suárez", disse, ao responder como os ingleses fariam para conter o atacante adversário. "A solução é nos defendermos o melhor que pudermos", completou. Os ingleses fizeram um treino tático fechado pela manhã, no centro de treinamentos do Forte da Urca, zona sul da cidade. Chegaram mais cedo do que o habitual -às 10h já estavam em campo, sob sol forte; nos dias anteriores iniciaram os trabalhos por volta das 11h. A pressão sobre a Inglaterra para o jogo de quinta é grande. Derrotada pela Itália em sua primeira partida, sábado (14) em Manaus, enfrenta uma seleção que também está em situação difícil -os uruguaios perderam da Costa Rica por 3 x 1, na primeira zebra da Copa. Lampard queixou-se do que chamou de fixação dos jornalistas e torcedores no atacante Wayne Rooney, 28. "Infelizmente há sempre essa pressão sobre um jogador, o que pode se tornar frustrante para os outros", disse. Ao responder se o treino fechado teria sido uma forma de aliviar a pressão sobre Rooney, Lampard negou. "Estamos às vésperas de um grande jogo e precisamos treinar longe dos olhares, para melhorar nossas táticas". Caçula da seleção inglesa, Raheem Sterling, 19, já aprendeu o discurso dos jogadores de futebol. Ao responder sobre o que achava de ser escalado em várias posições diferentes, respondeu: "estou tendo grandes oportunidades e vou fazer o melhor. Minha posição preferida é no ataque, mas cabe ao treinador decidir onde vou jogar. O importante é que aprendi muito nas últimas semanas jogando ao lado de Rooney".

Leia tudo sobre: Copa do MundoInglaterracuidadoSuarezmarcacaoatencao