Sem-terra fazem marcha por reforma agrária no interior de SP

Eles saíram do município de Águas de Santa Bárbara, a 300 quilômetros da capital paulista, e devem passar a noite na cidade de Iaras

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Cerca de 300 trabalhadores rurais sem-terra, segundo estimativa da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo, fazem, desde as 6h desta terça-feira (17), uma marcha pela Rodovia Castello Branco para reivindicar terras para reforma agrária.

Eles saíram do município de Águas de Santa Bárbara, a 300 quilômetros da capital paulista, e devem passar a noite na cidade de Iaras, onde chegaram por volta das 10h. A marcha deve ser retomada na quarta-feira (18), por volta das 6h.

De acordo com Vleutemberg do Vale, integrante da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL) e um dos coordenadores do protesto, os trabalhadores devem encerrar a marcha no dia 4 de julho, na capital paulista. O grupo caminha pelo acostamento e é acompanhado por policiais rodoviários.

O movimento estima que aproximadamente 500 pessoas participem do ato. A FNL é comandada por José Rainha, ex-líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Leia tudo sobre: ProtestoSem terraSão PaulomarchaÁguas de Santa BárbaraIarasFNLreforma agrária