Segurança no Mineirão falha e argelinos entram com tambores no estádio

Além da 'garganta afiada', africanos contaram com a ajuda de instrumentos e buzinas para fazerem festa no Gigante da Pampulha

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Africanos não se preocuparam com a proibição da Fifa e levaram tambores e buzinas para dentro do Mineirão
GUILHERME GUIMARÃES/WEBREPÓRTER
Africanos não se preocuparam com a proibição da Fifa e levaram tambores e buzinas para dentro do Mineirão

A Copa do Mundo já começou e, mesmo com toda a “chatice” e burocracia da Fifa, falhas tem acontecido durante a entrada de torcedores nos estádios pelo Brasil. O Comitê Organizador Local 2014 (COL), que já admitiu falhas em outras arenas, não conseguiu conter, também no Mineirão, a entrada de instrumentos musicais e outros equipamentos barulhentos durante o jogo entre Bélgica e Argélia.

Nesta terça-feira, torcedores argelinos conseguiram acessar às dependências no Gigante da Pampulha com um grande tambor, além de uma buzina daquelas que fazem tanto barulho, que o ouvido chega a doer. O que não é permitido.

Antes do início da Copa do Mundo, a Fifa divulgou um documento – Código de Conduta - informando sobre algumas proibições. Materiais que seriam ou não permitidos dentro dos estádios. Dentre esses produtos, instrumentos musicais e/ou equipamentos que produzissem volume excessivo de barulho estavam vetados.

Leia tudo sobre: Copa do MundoMundial 2014MineirãoArgéliaBélgicainstrumentos musicaisbuzinaFifa