Primeiros 800 testes antidoping da Copa dão negativo

Testes foram feitos no período de pré-temporada da Copa com 91,5% dos atletas que entraram nas convocações finais

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Fifa anunciou nesta terça-feira (18) que os primeiros 800 exames antidoping da Copa do Mundo deram negativo.

Os testes foram feitos no período de pré-temporada da Copa com 91,5% dos atletas que entraram nas convocações finais de suas seleções.

Pela primeira vez, a Fifa está analisando amostras não apenas de urina, mas também de sangue. Além disso, os exames de cada atleta estão sendo guardados e serão comparados a futuros testes no chamado passaporte biológico de cada jogador.

Segundo a entidade, os jogadores que ainda não passaram por exames serão testados com o Mundial em andamento.

O último caso positivo de doping em Mundiais aconteceu 20 anos atrás, em 1994, quando o argentino Diego Maradona testou positivo para efedrina.

Leia tudo sobre: copaantidopingfifacopa do mundotestes