Para não engrossar farra de gols na Copa, Thiago Silva pede atenção

Capitão quer equipe concentrada diante do México, nesta terça-feira, no Castelão; solidez da defesa é uma das chaves para a vitória

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA E THIAGO NOGUEIRA |

Thiago Silva vem recebendo cuidados especiais de Felipão visando a Copa das Confederações
VIPCOMM/DIVULGAÇÃO
Thiago Silva vem recebendo cuidados especiais de Felipão visando a Copa das Confederações

Fortaleza (CE). Cinco dias. 14 jogos. 44 gols marcados. Média de 3,14 tentos por partida. Para os amantes do futebol, acompanhar a Copa do Mundo no Brasil tem sido um privilégio. Excluindo o fraco 0 a 0 entre Irã e Nigéria, todas as partidas do certame internacional tiveram bola na rede e muita emoção.

No entanto, para os zagueiros, esta fartura de gols não é vista com bons olhos “Quando você tem uma parte defensiva bem sólida, bem compacta, isto dificulta para os adversários. Mas esta é a Copa das Copas. Quem gosta de gol, e é admirador do futebol, esta está sendo a Copa. Para o zagueiro não é nada legal. Por isto, precisamos nos esforçar para neutralizar as principais jogadas dos nossos adversários e seguir levando a menor quantidade possível de gols”, declarou Thiago Silva,

O capitão da seleção ainda teceu elogios ao México, adversário desta terça-feira, em Fortaleza, no Castelão. Segundo o jogador, será preciso ter atenção redobrada para que a defesa brasileira não contribua com esta farra de gols.

“São jogadores de muita qualidade, já os enfrentei várias vezes. Precisamos estar atentos, principalmente ali com o Giovani (dos Santos) e o (Oribe) Peralta. Estamos estudando, nos bastidores, a formação ofensiva deles para sair daqui (Fortaleza) com mais uma vitória”, concluiu o capitão.