Treinador mexicano elege Oscar como o mais perigoso da seleção

Miguel Herrera descartou marcação individual sobre Neymar, mas deixou claro que sua equipe não deixará o Brasil pensar

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Oscar marcou o terceiro gol da seleção brasileira na vitória sobre a Croácia
DOUGLAS MAGNO/O TEMPO
Oscar marcou o terceiro gol da seleção brasileira na vitória sobre a Croácia

Fortaleza (CE). Neymar é o camisa 10 da seleção brasileira. Apontado pela mídia nacional e internacional como um dos candidatos a craque da Copa. Porém, o status de estrela parece não assustar o técnico mexicano Miguel Herrera. Em coletiva de imprensa, o comandante tricolor descartou a possibilidade de uma marcação individual sobre Neymar. Para ele, a seleção brasileira possui um outro jogador que merece mais atenção .

“A marcação sobre o Neymar não será individual. O Brasil não é só ele. Na última partida, por exemplo, acho que o melhor jogador em campo foi o Oscar. Ele me impressiona cada vez mais”, destacou Herrera, que ainda alertou para as dificuldades que sua equipe enfrentará diante de um adversário qualificado e, segundo ele, maior candidato ao título de campeão do mundo. 

“O Brasil tem muitos jogadores de qualidade. Os dois laterais são muito ofensivos, os meias saem bem para o jogo. Vamos tentar fazer dois contra um sempre, para que eles não possam pensar. Será um jogo com muito desgaste físico, mas, por sorte, nossa equipe está muito bem fisicamente”, concluiu.

Brasil e México se enfrentam nesta terça-feira, às 16h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza. Uma vitória poderá selar a classificação brasileira às oitavas de final da Copa do Mundo.