Trânsito em frente à Igrejinha da Pampulha será proibido

Mudança faz parte de obra maior, que inclui criação de esplanada englobando praça Dino Barbieri

iG Minas Gerais | Johnatan Castro |

Pista em frente à igrejinha da Pampulha será destinada a pedestres
DENILTON DIAS
Pista em frente à igrejinha da Pampulha será destinada a pedestres

Cartão-postal de Belo Horizonte, o entorno da igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, será completamente revitalizado a partir de agosto. Com verba de R$ 5,7 milhões da prefeitura, o projeto prevê a criação de uma esplanada para integrar a Igrejinha e a praça Dino Barbieri. Com isso, o trecho da avenida Otacílio Negrão de Lima no sentido oposto ao Mineirão será extinto. Já a parte da via em frente ao parque de diversões Guanabara se tornará de mão dupla. As informações são da Regional Pampulha e da Empresa de Transportes e Trânsito da capital (BHTrans).

Segundo o secretário de Administração da Regional Pampulha, Humberto Abreu Júnior, o projeto faz parte de um plano para revitalizar diversos pontos no entorno da lagoa, como as praças do Vertedouro e Aleijadinho, além da própria Igrejinha. Um dos motivos é a candidatura do conjunto modernista ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade. “É um projeto muito bonito. E todos os grupos vão se beneficiar, ciclistas, pedestres que fazem cooper e caminhada, e também os turistas”, afirmou. Júnior explica que as intervenções preveem reformas de bancos, jardins e da iluminação. As pistas da avenida Otacílio Negrão de Lima que hoje estão às margens da igrejinha da Pampulha também serão elevadas. “Não teremos mais a rua. Vai ser feito um novo piso, no mesmo nível da esplanada”, explicou. Trânsito. A primeira etapa será a mudança no trânsito, já a partir da segunda metade do mês de agosto. Entre as intervenções físicas que deverão ser feitas está a retirada de vagas de estacionamento no entorno da praça e de alguns canteiros. Segundo o supervisor de projetos da BHTrans, Mauro Luiz Cardoso, as duas pistas da avenida Otacílio Negão de Lima que hoje levam apenas ao Mineirão serão substituídas por quatro pistas – duas em cada sentido. Ele garantiu que a circulação de carros não será afetada. “Estudos foram feitos de modo que não vai haver prejuízo nenhum para as faixas de rolamento (do trecho)”, disse. O objetivo da Regional Pampulha é concluir toda a obra até fevereiro de 2015, junto com a restauração da Igrejinha. Mesmo durante as intervenções, os turistas poderão acessar o ponto turístico.

BHTrans Sem dados. Procurada nessa segunda, a assessoria da BHTrans informou que não tem o número de veículos que circulam pelo trecho diariamente nem a quantidade de vagas de estacionamento do local. Saiba mais Ciclovias. Na esplanada, as ciclovias serão posicionadas na parte externa da praça Dino Barbieri, próximo das pistas de carros. O objetivo é evitar que as bicicletas passem no meio da praça. Estrutura. Atualmente, as ciclovias cobrem 18 km da orla da Pampulha. Em 11 km, o espaço destinado para os ciclistas fica na mesma altura do passeio. No restante, as bicicletas devem andar no nível da rua. Igrejinha. Prevista para o segundo semestre, a revitalização da Igrejinha inclui a recuperação das pastilhas externas, a substituição dos painéis de madeira, além de pintura e limpeza das fachadas, dentre outros.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave