Comissão foi criada para dialogar com PM

iG Minas Gerais | Cinthia Ramalho |

Com o objetivo de garantir mais segurança no bairro Ouro Preto, na Pampulha, moradores e membros da Associação Comunitária do Bairro Ouro Preto (Ascobop) montaram uma comissão para dialogar com o 34º Batalhão da Polícia Militar (PM), responsável por monitorar a região da Pampulha, na capital. A comissão foi formada no último dia 10, em audiência pública realizada para discutir a segurança na região.  

Aproximadamente cem moradores, representantes da Ascobop e autoridades públicas – como representantes da PM e da Regional Pampulha – participaram da reunião.

“Nosso principal objetivo é reavaliar as condições de segurança do bairro (Ouro Preto). Não queremos mais promessas, mas sim saber o que será feito”, afirma Márcio Saldanha, 55, presidente da Ascobop, sobre a comissão.

O evento foi convocado pelo vereador Professor Wendel Cristiano Soares de Mesquita e aconteceu no salão paroquial da igreja Nossa Senhora da Divina Providência, no bairro Ouro Preto. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave