Paulo Bento tem a missão de 'resgatar' a moral de Portugal

Treinador terá de trabalhar o aspecto emocional de seus comandados, após a goleada, por a 4 a 0, sofrida para a Alemanha.

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Salvador (BA). Não há tempo para lamentações. Para manter chances de se classificar às oitavas de final, a seleção portuguesa precisa se recuperar do baque da goleada sofrida para a Alemanha, por 4 a 0, aprender com os erros e treinar forte, visando ao confronto de domingo, às 19h, contra os Estados Unidos, na Arena da Amazônia, em Manaus.

Um dos pontos a ser trabalhado pelo técnico Paulo Bento é o aspecto emocional. Não é qualquer equipe que consegue retomar o foco tão facilmente depois de um revés por quatro gols de saldo.

“É um momento difícil, não há como esconder. Mas também não é a primeira vez que ficamos pressionados numa fase de grupos de Copa do Mundo. E temos que seguir adiante e trabalhar para alcançarmos o objetivo”, afirmou o treinador.

Portugal ainda tem duas partidas para obter, no mínimo, o segundo lugar do grupo G e, com isso, avançar às oitavas de final da competição.

“O momento é de reflexão. Começar um Mundial com este resultado é realmente complicado. Mas continuo com o discurso de antes. Somos nós quem temos a capacidade de conseguir o nosso objetivo. E estou convicto que o faremos”, disse.

Leia tudo sobre: AlemanhaPortugalPaulo Bento