Cambistas estrangeiros e brasileiros são presos em Salvador

Antes do partida Alemanha e Portugal, foram apreendidos um austríaco, um francês, um inglês e um alemão, além de três brasileiros, que vendiam 17 ingressos por até R$ 1.000

iG Minas Gerais | Da Redação |

A Polícia Civil da Bahia já apreendeu oito cambistas estrangeiros e 11 brasileiros vendendo ingressos no entorno da Arena Fonte Nova, em Salvador, nos dois dias de jogos.

Nesta segunda-feira (16), antes de Alemanha e Portugal, foram apreendidos um austríaco, um francês, um inglês e um alemão, além de três brasileiros, que vendiam 17 ingressos por até R$ 1.000, segundo a polícia. No primeiro jogo na Fonte Nova, na quinta-feira (12), foram apreendidos outros 33 ingressos com doze pessoas, sendo dois franceses, um iraniano e um espanhol -os demais eram brasileiros.

Todos foram conduzidos à Delegacia de Defesa do Consumidor e liberados após serem lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência. Responderão em liberdade aos processos por venderem ingressos acima do valor do bilhete, crime estabelecido no Estatuto do Torcedor.

A pena é de reclusão de um a dois anos e multa.

 

Leia tudo sobre: Copa do MundoCAMBISTASSalvador