Sem mistérios na escalação, técnico mexicano quer sufocar o Brasil

Miguel Herrera não quis nem saber de mistério; confirmou a mesma escalação utilizada na partida de estreia do Mundial

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Fortaleza (CE). A vitória sobre Camarões, por 1 a 0, devolveu aos mexicanos a confiança em uma grande campanha na Copa do Mundo. Nesta terça-feira, contra o Brasil, a equipe terá sua grande prova de fogo. Para este compromisso, o técnico Miguel Herrera não quis nem saber de mistério. Confirmou, logo na primeira pergunta da entrevista coletiva, a mesma escalação utilizada na partida de estreia do Mundial.

Desta maneira, Chicharito Hernández segue no banco de reservas, enquanto Peralta forma a dupla de ataque ao lado de Giovani dos Santos.

“Amanhã (terça-feira) será um jogo transcendental. Sabemos que o nosso adversário é o favorito, mas queremos conquistar a vitória. Tirar pontos do Brasil seria extraordinário para avançarmos à próxima fase”, declarou Herrera.

“Por sorte, todos os meninos se recuperaram muito bem. Eles tiveram algumas dores momentâneas, mas estão preparados e vão entrar em campo 100%. Vamos repetir a escalação inicial. Estarmos bem concentrados, e queremos repetir o que fizemos com Camarões. Obviamente, jogar contra o Brasil é muito mais complicado. É o maior favorito, a seleção mais importante do mundo de futebol, mas seremos um adversário muito digno e estaremos dispostos a buscar estes três pontos. Vamos com tudo”, declarou.

O comandante de “El Tri” também prometeu um estilo de jogo sufocante e pegado na marcação. “Para esta partida, temos que fazer um maior sacrifício físico. Contra o Brasil, precisamos ir e voltar, ou seja, vamos atacar, mas quando eles (Brasil) estiverem com a bola, nós vamos defender. Queremos diminuir os espaços, sempre deixar dois, três marcando um, encurtar os espaços. Nosso objetivo é roubar a bola a maior quantidade de vezes possível, tudo para que os jogadores do Brasil não tenham tempo para pensar”, concluiu.

Com a escalação definida, o México irá enfrentar o Brasil com o seguinte time: Ochoa, Rodríguez, Héctor Moreno e Rafa Márquez; Aguilar, Herrera, Vázquez, Guardado e Miguel Layún; Giovani dos Santos e Peralta. As equipes se enfrentam nesta terça-feira, às 16h, no Castelão, em Fortaleza.