Papa Francisco 'zoa' arcebispo brasileiro por gol contra de Marcelo

Autoridade da Igreja católica não deixou de lado a rivalidade entre Argentina e Brasil e disse que lance contra ficou entalado na garganta

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Papa lavará os pés de 12 pessoas com deficiência na Quinta-Feira Santa
ASSOCIATED PRESS/GREGORIO BORGIA
Papa lavará os pés de 12 pessoas com deficiência na Quinta-Feira Santa

A clássica rivalidade futebolística entre Brasil e Argentina marca presença onde quer que se encontrem um brasileiro e um argentino. E com a bola rolando na Copa do Mundo, nem mesmo um encontro de arcebispos, no Vaticano, passou imune às “zuações”.

O portenho Papa Francisco, torcedor do San Lorenzo, lembrou o gol contra de Marcelo, na estreia da seleção canarinho do Mundial, logo que foi cumprimentar o arcebispo Muriel Krieger. Com um sorriso no rosto, ele apontou para a garganta e disse: “o primeiro gol do Brasil deve ter ficado aqui”. Com bom humor, o brasileiro apenas sorriu de volta, em meios aos risos dos outros presentes ao encontro.

No Brasil, o Papa acabou ganhando  mais fama no meio do futebol depois de o San Lorenzo eliminar o Cruzeiro na Libertadores e ficar com a vaga nas semifinais. Os torcedores da equipe não se cansam dizer que “o Papa está com eles” e apostam na vitória do clube hermano, que está nas semifinais da competição sul-americana.

Leia tudo sobre: papa franciscoarcebispopapamuriel kriegerargentinabrasilbrasileirosencontrovaticanogolgol contramarceloestreiacopa do mundo