Prefeitura acusa cervejaria de "marketing de emboscada" na Copa

ação ocorreu durante o jogo entre Argentina e Bósnia-Herzegovina no Maracanã

iG Minas Gerais | Folha Press |

A Prefeitura do Rio desmontou neste domingo (15) um balão da cerveja Budweiser instalado no entorno do Maracanã sob alegação de "marketing de emboscada". A empresa, contudo, é patrocinadora oficial da Copa do Mundo.

A ação ocorreu durante o jogo entre Argentina e Bósnia-Herzegovina no estádio. De acordo com balanço divulgado pelo Centro de Operações, o material estava exposto na avenida Maracanã 834, ao lado do estádio.

"Os fiscais impediram ações de marketing de emboscada ao redor do estádio. Um balão da Budweiser foi desmontado", diz o balanço divulgado pelo Centro de Operações.

No marketing de emboscada uma empresa tenta tirar proveito publicitário de um evento que não patrocina. De acordo com decreto municipal, a prefeitura deve impedir a prática num raio de um quilômetro de distância do estádio. A Budweiser, contudo, é patrocinadora oficial da Fifa.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) afirmou que o balão foi instalado sem autorização, o que motivou a desmontagem. A empresa não se manifestou até a publicação desta nota.

Além da Budweiser, a Brahma também sofreu baixa nas ações de marketing. Um show agendado para a casa montada pela empresa, próximo ao estádio, foi impedido pelos agentes da Seop.

Leia tudo sobre: BudweisermarketingprefeituraRio de Janeiro