Goleador em 2010, Thomas Müller vira nova sombra para Ronaldo

Além de Klose, Müller também começa a incomodar o maior artilheiro da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | Folha Press |

Com um gol a menos, o alemão Klose, 36, é o grande candidato a ultrapassar Ronaldo como o maior artilheiro da história da Copa do Mundo.

Mas o atacante da Lazio, autor de 14 gols em três edições, não saiu do banco de reservas na goleada da sua seleção sobre Portugal por 4 a 0 nesta segunda-feira (16), em Salvador, pela primeira rodada do Grupo G.

Foi o goleador do Mundial de 2010 que brilhou. Thomas Müller, 24, marcou três vezes e chegou a oito gols em Copas, com perspectiva de ampliar a conta nesta competição e em participações futuras.

Pela 49ª vez um jogador marcou três gols numa partida de Copa do Mundo.

Premiado como melhor jogador jovem na Copa de 2010, Müller atua como meia-atacante, centroavante e meio-campista pelo lado do campo.

Formado no Bayern de Munique, defendeu a Alemanha nas categorias de base e confirmou as expectativas em torno dele.

Duas vezes vice europeu pelo Bayern, conquistou a Liga dos Campeões da Europa e o Mundial de Clubes no ano passado. Foi campeão nacional três vezes.

SOBRENOME FAMOSO

Outro Müller alemão está empatado com Klose como o terceiro maior artilheiro dos Mundiais. O atacante Gerd Müller assinalou 14 gols em 13 jogos nas Copas de 1970 e 1974.

Como não entrou em campo nesta segunda-feira, Klose não poderá bater agora a marca de mais partidas de Copas, que pertence a outro alemão, Lothar Matthäus: 25. Mas ainda é possível igualá-lo. Caso a Alemanha chegue às semifinais e garanta a realização de sete jogos, o atacante acumula 19 confrontos e terá a chance de atuar seis vezes no Brasil.

Leia tudo sobre: Thomas MüllerartilheiroAlemanhaKloseRonaldorecorde