Treinador da Argélia usa o 'Yes We Can' para duelo com a Bélgica

Em sua entrevista coletiva depois do treino no Mineirão, o técnico Vahid Halilhodzic abusou de frases de efeito e recados de confiança para o povo e os jogadores do elenco argelino

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro |

Vahid Halilhodzic tenta mexer com os brios e ao mesmo tempo acalmar seus jogadores para a estreia na Copa do Mundo contra a Bélgica. Diante de uma equipe apontada por muitos como uma das favoritas, ele espera que seu grupo tenha dedicação total.

Para isso, o treinador bósnio que dirige os argelinos fez vídeos, deu palestras e recorreu até mesmo a uma frase que acabou virando bordão relacionado ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e mostra uma característica de confiança.

"O presidente Barack Obama disse ‘Yes We Can’. Por que não podemos? Temos que levar muito a sério e fazer tudo da melhor maneira. A Bélgica é favorita, mas nem sempre os favoritos ganham. Não penso em perder, pois podemos ganhar", disse Halilhodzic.

Na véspera do jogo, as conversas com o plantel têm sido no sentido de passar confiança, mas os atletas já levaram muitas duras durante o período de preparação.

"Às vezes você tem que dar uma beliscada nos jogadores, cutucá-los para que fiquem até mesmo um pouco com raiva, com vontade. Agora estamos mais no sentido de confiança, de passar o desejo de vencer, mas com tranquilidade", disse.

 

Leia tudo sobre: ArgéliaVahid HalilhodzicBélgicaMineirão