Treino italiano tem três ausências por lesão

De Rossi, Buffon e De Sciglio não participaram de atividade realizada na manhã desta segunda-feira no Rio de Janeiro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Técnico confia em sua equipe, mas não esconde elogios aos sul-americanos
FIGC/Divulgação
Técnico confia em sua equipe, mas não esconde elogios aos sul-americanos

Com dores na coluna cervical, o volante De Rossi não participou do treino matinal da Itália nesta segunda-feira (16).  O meio-campo é o terceiro titular da seleção italiana no departamento médico, junto com o goleiro e capitão Buffon e o lateral-esquerdo De Sciglio. Ambos ficaram de fora da vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, no último sábado (14), e seus retornos são incertos. Segundo as primeiras informações oficiais, o caso de De Rossi não é grave. Mas a Itália tem sido pouco precisa sobre o estado físico dos jogadores. Um dia antes do jogo contra os ingleses, o técnico Cesare Prandelli havia dito que a torção que Buffon havia sofrido no tornozelo não era grave e chegou a confirmá-lo para a partida. No treino desta manhã, os italianos treinaram a parte física e depois realizaram um coletivo usando apenas metade do campo. O próximo compromisso será na sexta-feira (20), contra a "zebra" Costa Rica, que venceu o Uruguai de virada, na estreia, por 3 a 1.