Enem terá 8,7 milhões de participantes em 2014

A pasta estimava um total de 8,2 milhões de candidatos; dados foram divulgados nesta segunda-feira (16) em coletiva de imprensa.

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Enem 2014 chegou a um total de 8.721.946 inscritos. O número representa um aumento de 21,6% em comparação à edição passada da prova -7,1 milhões. O ritmo de crescimento teve ligeira queda -entre 2012 e 2013, o índice foi de 23,8%-, mas superou a expectativa do Ministério da Educação.

A pasta estimava um total de 8,2 milhões de candidatos. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (16) em coletiva de imprensa.

Esse total de estudantes considera aqueles que fizeram a inscrição por meio de site específico e confirmaram o pagamento da taxa, no valor de R$ 35, até o dia 28 de maio. Apenas 2,3 milhões (26,48%) são pagantes. Os demais estão isentos da taxa por serem concluintes do ensino médio da rede pública (16,33%) ou por terem comprovado carência (57,17%).

As regiões Sudeste e Nordeste concentram o maior número de participantes, com três milhões e 2,87 milhões, respectivamente. Em alguns Estados, houve crescimento mais robusto do número de inscritos.

Em Pernambuco, por exemplo, a quantidade de inscritos chegou a 432,9 mil, aumento de 22% em relação à edição passada. Para Chico Soares, presidente do Inep (órgão do MEC responsável pelo Enem), esse cenário se deve à decisão da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) em adotar a prova em seu processo seletivo.

"Várias universidades estão fazendo essa adesão e certamente teremos aumento expressivo no número de vagas e no Sisu [Sistema de Seleção Unificada]. Esse crescimento está condizente com a expectativa criada em torno do Enem", disse o ministro Henrique Paim, da Educação.

FORMAÇÃO

A maior parte dos inscritos (4,9 milhões) já concluíram o ensino médio em anos anteriores. "Eles buscam através do Enem as muitas oportunidades que o exame cria", avalia Soares. O Enem é pré-requisito para estudantes interessados em participar de programas como Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), Prouni (bolsas para alunos de baixa renda) e Ciência sem Fronteiras.

Outros 1,7 milhão concluirão o ensino médio neste ano e 1,4 milhão terminarão essa etapa após este ano. Além disso, em 2014, 997.131 candidatos vão certificar a conclusão do ensino médio por meio do Enem.

A maior parte dos candidatos se autodeclararam negros (57,91%). Grande parte deles têm entre 21 e 30 anos (2,58 milhões) e é do sexo feminino (58,11%).

O ministro da Educação comemorou os números. "Esse crescimento demonstra exatamente o que falamos há bastante tempo: há um despertar da sociedade brasileira em torno da questão educacional, especialmente para programas federais, que têm tido um crescimento muito grande".

Segundo Paim, o ministério está avaliando o impacto do quantitativo de alunos sobre a organização da prova. Estão em estudo, por exemplo, o aumento de municípios onde a prova será aplicada e o número de pessoas envolvidas na operação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave