Mulher leva celular em molho de tomate para preso da Nelson Hungria

Suspeita afirmou que não sabia da existência do aparelho no caldo para cachorro-quente; ela foi flagrada durante revista

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 29 anos foi presa após ser flagrada tentando entrar com um celular na Complexo Penitenciário Nelson Gungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, nesse domingo (15). O aparelho estava dentro de uma molho de tomate para cachorro quente.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Camila Rosa de Oliveira foi detida no momento em que passava pela área de revista. Ao passar o alimento no aparelho de raio-X, as agentes penitenciárias perceberam a presença do objeto.

Questionada pelos policiais, Camila disse que o molho foi entregue por um motociclista que ela não conhecia. A suspeita também afirmou que estava na Nelson Hungria para visitar o ex-namorado e não sabia que tinha um celular em suas coisas.

A mulher foi levada para a 6ª Delegacia de Plantão de Contagem.

A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), que ficou de comentar o caso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave