Colombianos brigam em BH por torcerem para times diferentes em Cali

Trio, que torce para o Desportivo Cali, agrediu com socos e chutes casal torcedor do América de Cali; pelo menos seis colombianos já foram detidos na capital mineira

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Mais uma vez, a Polícia Militar de Belo Horizonte registrou uma ocorrência envolvendo colombianos que vieram para o Brasil assistir aos jogos da Copa do Mundo. Na madrugada desta segunda-feira (16), três torcedores da Colômbia foram presos após agredirem um casal colombiano no centro da capital mineira. A confusão começou porque agressores e vítimas torcem para times diferentes em Cali.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, alguns colombianos se encontraram na praça Rio Branco e começaram a discutir ao reconhecerem torcedores do time rival. Nesse momento, Salazar Gonzales, Carlos André Chianaya, ambos de 20 anos, e Luis Alfonson, de 23, que torcem pelo time Desportivo Cali começaram a agredir um homem de 30 e uma mulher de 26, que são torcedores do América de Cali.

Acuadas, as vítimas começaram a correr e entraram no primeiro hotel que viram aberto na avenida Olegário Maciel. O trio seguiu o casal e continuou agredido os jovens com chutes e socos. Além disso, os suspeitos usaram uma faca para ameaçar os agredidos e roubar duas bolsas da mulher.

Militares do 1º Batalhão foram acionados pelo porteiro do hotel. As vítimas estavam escondidas em um dos quartos e, mesmo com dificuldade para se comunicar, eles conseguiram passar as características dos criminosos, que foram detidos durante rastreamento na região e reconhecidos pelo casal.

Os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes II (Ceflan). Apesar das agressões, os torcedores do América de Cali não precisaram de atendimento médico.

Aprontando em BH

Nesse domingo (15), um colombiano de 22 anos foi presos após furtar o celular de uma brasileira durante uma festa na Savassi, região Centro-Sul de Belo Horizonte, após a vitória da Colômbia contra a Grécia, no último sábado (14), no Mineirão.

O suspeito se aproximou da vítima, puxou conversa e aproveitou um momento de distração da jovem para pegar o aparelho telefônico. O amigo do ladrão, que ajudou no crime, também foi detido horas depois.

Além da dupla, um colombiano de 24 anos foi preso com um facão no centro da capital. Todos foram levados para a Ceflan. 

Leia tudo sobre: COLOMBIANOSBRIGAPRAÇARIVAIS