É difícil, mas não impossível, diz Lugano após derrota para a Costa Ri

Zagueiro reconhece missão complicada de sua seleção, mas garante que Uruguai lutará até o fim para avançar de fase

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Lugano ainda crê em Uruguai e diz que time terá que lutar após esse tropeço
Fifa/Divulgação
Lugano ainda crê em Uruguai e diz que time terá que lutar após esse tropeço

O capitão do Uruguai, Diego Lugano, usou o Twitter para afirmar que ainda acredita na classificação da seleção celeste mesmo após a derrota por 3 a 1 para a Costa Rica, neste sábado (14), pela primeira rodada do Grupo D. "O que aconteceu está dentro das probabilidades. A Costa Rica teve seus méritos e nós cometemos erros. Há muito a ser corrigido e melhorado", escreveu o zagueiro em sua conta do microblog. Com o tropeço na estreia, o Uruguai ficou na última colocação da chave, que tem ainda Inglaterra e Itália e é conhecida como "grupo da morte". "Se já era difícil, agora ficou muito mais difícil, mas não impossível. Vai depender do quanto poderemos nos superar", frisou Lugano. Na próxima quinta-feira (19), os uruguaios voltam a campo contra a Inglaterra, no Itaquerão, e encerram sua participação na primeira fase da Copa diante da Itália, em Natal. "Agora temos que nos levantar e sair à luta novamente", finalizou o jogador.