Cristiano Ronaldo solta a língua e dispara contra 'perseguidores'

Atacante da seleção portuguesa mandou um recado aos jornalistas que o 'vetaram' da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Salvador (BA). Antes de a Copa do Mundo ter início, boa parte da imprensa mundial noticiava um possível veto de Cristiano Ronaldo. Para muitos, o jogador não se recuperaria de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda e uma inflamação no joelho esquerdo a tempo de disputar a competição. Mas a presença dele queimou a língua dos críticos.

Só que o melhor jogador do mundo de 2013 não perdeu a oportunidade de dar uma resposta ácida a seus ‘perseguidores’.

“Obviamente a imprensa diz o que quer. Já estou habituado com estas infelizes declarações das pessoas, que jogam uma pedra no ar para tentar acertar alguém. Se estou aqui (no Brasil) é porque posso. Se não, seria o primeiro a falar com o treinador. Se eu sentir algo durante um treino ou um jogo, serei o primeiro a dizer. O que aconteceu foi bobagem”, disparou CR7.

Mas o discurso afiado do atacante não parou por aí. Questionado se uma boa apresentação na Copa do Mundo é o que falta para a carreira do jogador, ele voltou a fazer cara feia.

“Acho que não tenho que demonstrar nada a ninguém. Não tenho palavras para essa pergunta. Não tenho que demonstrar nada nem agora, nem antes e depois. O que tenho que fazer é continuar minha carreira, que vem sendo bonita até agora”, disse.

Obviamente, isso não quer dizer que Cristiano Ronaldo irá jogar o torneio de forma desleixada.

“Todos querem ganhar, mas temos que ser realistas. Nós (Portugal) não somos favoritos. Mas no futebol, tudo é possível. É um campeonato muito difícil para nós, porém, vamos pensando jogo a jogo para ganhar. Estou confiante”, comentou.

Leia tudo sobre: PortugalAlemanhaCristiano Ronaldo