Gramado de Manaus aparece detonado em atualização do game da Copa

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Reprodução
"Gramado do estádio de Manaus é pintado de verde para disfarçar condições", acusa a iTV

A Arena Amazônia tem o gramado detonado, com imensos pedaços de terra batida no meio do campo e nas duas grandes áreas. Pelo menos na última atualização do jogo oficial da Copa do Mundo, dos consoles PS3 e Xbox 360, produzido pela EA Sports em parceria com a Fifa. Desde o início do Mundial, o game traz uma opção que atualiza on-line, em tempo real, as partidas finalizadas da Copa. E, a partir daí, cria cenários realísticos para que o jogador assuma a partida em andamento. É possível, por exemplo, jogar com a Holanda, no final do primeiro tempo, perdendo por 1 a 0 para a Espanha. O objetivo do jogo, neste caso, é tentar repetir a virada e golear os atuais campeões por 5 a 1. Também é possível jogar com o Brasil, perdendo da Croácia por 1 a 0, no Itaquerão. A meta também é a vitória. No caso do clássico de Manaus, o jogador controla a Inglaterra, já perdendo por 2 a 1, a poucos minutos do fim. A meta é virar a partida, usando as mesmas escalações do jogo deste sábado (14). Neste caso, o gramado da Arena Amazônia surge com grandes falhas. A polêmica envolvendo o campo da Arena Amazônia começou no início da semana passada, quando uma foto divulgada por uma agência francesa mostrava o campo em más condições. A imagem teve grande repercussão na imprensa estrangeira. Segundo o governo do Amazonas, a aparência amarela era culpa de um fungo, comum em áreas de alta umidade. No sábado, durante a partida, o gramado ainda aparentava algumas falhas, com trechos amarelados, mas longe do visual apresentado no game, e não foi alvo de críticas dos treinadores depois do jogo. Na véspera da partida, o técnico Cesare Prandelli afirmou que o campo não era excepcional, mas estava bom.