Com obras inacabadas, Beira-Rio recebe primeiro jogo

Estadio de Porto Alegre ainda possui áreas sem pavimentação e estruturas temporária ainda não ficou pronta

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Comitiva garantiu que o estádio será entregue à entidade no dia 22 de maio sem novos empecilhos
Divulgação/Internacional
Comitiva garantiu que o estádio será entregue à entidade no dia 22 de maio sem novos empecilhos

Com obras inacabadas, o estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, recebe neste domingo (15) o seu primeiro jogo da Copa do Mundo, entre França e Honduras, às 16h (de Brasília). Até as vésperas da partida, operários trabalharam para pavimentar um dos principais acessos da torcida às arquibancadas. Ainda assim, uma área do entorno onde estão montadas estruturas temporárias do Mundial não ficou pronta e permanece em terra batida. O espaço é usado pelas equipes operacionais do torneio e não é acessado por torcedores. Nas áreas de estacionamento, que tiveram uma reurbanização prometida pela prefeitura, o trabalho também não ficou integralmente pronto. A saída encontrada pela organização foi isolar com cones um espaço não pavimentado que seria utilizado para estacionar. No interior do complexo, também é possível ver sinais de trabalhos de última hora, como restos de materiais. Em uma tenda próxima ao centro de imprensa, há uma pá e canos deixados após um conserto de drenagem. A adequação do entorno do Beira-Rio atrasou devido a um impasse entre a empreiteira Andrade Gutierrez, responsável pela reforma, o Internacional e o município. A empresa não incluiu essa reurbanização no pacote para a Copa e obrigou o Inter a arcar com parte dos custos. A prefeitura, com ajuda do governo federal, bancou a outra parcela dos trabalhos, que só começaram há dois meses.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave