Previdência é pasta com maior número de punições no país

iG Minas Gerais |

Desde 2003, o Ministério da Previdência Social é o campeão de punições a servidores. Só em 2014, foram 41 pessoas. Em relação aos Estados, quem mais teve trabalhadores expulsos desde 2003 foi o Rio de Janeiro, com 800 punidos. Minas vem em terceiro, com 218 casos.

O Ministério da Previdência Social (MPS) explicou que a grande parte das demissões da pasta é de origem no INSS. Cerca de 90% dos casos ocorrem pelo uso do cargo para garantir concessões indevidas de benefícios previdenciários. Em troca o servidor obtém uma vantagem pessoal.

Se considerados os dados, desde 2003, dos 40 mil servidores ativos da pasta previdenciária, 1.198 sofrem sanções administrativas.

O segundo ministério que mais apresenta contravenções de seus colaboradores é o da Justiça. Dos 28 mil servidores ativos na pasta, 771 pessoas foram expulsas.

No ranking da unidades federativas, o Rio de Janeiro aparece em primeiro no número de demissões, o que representa 0,79% dos servidores lotados no Estado.

Proporcionalmente ao número de pessoas que servem o Poder Público Federal, o Amazonas é o que tem os servidores mais problemáticos. Cerca de 2% dos 9.392 dos trabalhadores na ativa foram punidos.

Exemplos

Honesto. O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) não apresenta, nos últimos 11 anos, nenhuma punição aos seus servidores. O Ministério das Relações Exteriores só teve um.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave