238 perderam os cargos em Minas

iG Minas Gerais |

Em Minas Gerais, 450 servidores estaduais foram punidos ou repreendidos entre 2011 e 2014.

A sanção mais utilizada pela correição da Controladoria Geral do Estado (CGE) foi a demissão. Em três anos, 238 pessoas perderam o emprego. O motivo que mais levou o Executivo mineiro a tomar essa medida foi o abandono de cargo. No total, 180 pessoas cometeram a irregularidade.

A segunda transgressão que mais fez servidores deixarem o serviço público foi o acúmulo de cargos, 25 casos. Em dois deles, o motivo de demissão foi curioso, o uso de documento médico falso.

Também foi computado no período, a repreensão de 143 servidores, a suspensão 58 pessoas e a perda judicial do cargo em quatro oportunidades. (GR)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave