Brasil recebe nove prêmios em nova categoria do Festival de Cannes

Entre as brasileiras, a agência mais premiada foi a Leo Burnett Tailor Made, que recebeu cinco leões

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Brasil foi o país que recebeu o maior número de prêmios neste sábado (14) no Lions Health, nova categoria voltada para a publicidade na área de saúde do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade.

Nesta primeira edição do prêmio, que recebeu cerca de 1,4 mil inscrições de mais de 30 países, o Brasil, que participou com 98 trabalhos, levou nove leões.

Entre as brasileiras, a agência mais premiada foi a Leo Burnett Tailor Made, que ficou com cinco leões. Foram um ouro e três pratas para o case "Meu Sangue é Rubro-Negro", criado para o Hemoba (Hemocentro da Bahia) em uma ação sobre doação de sangue realizada em conjunto com o time Esporte Clube Vitória.

O outro case da agência que ficou premiado com um bronze foi "O Enterro do Bentley", para a ABTO (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos), em que o socialite Chiquinho Scarpa anunciou o enterro de seu carro luxuoso com o intuito de estimular a doação de órgãos.

"Ser a agência mais premiada do Brasil, e a segunda no mundo dentro de uma categoria de prêmio que recorre a agências que trabalham pelo social e pelo bem-estar da humanidade nos deixa muito orgulhosos. Este prêmio comprova que vale a pena investirmos tempo, energia e mão de obra para fazer uma propaganda que se preocupa com as pessoas e o que realmente importa para elas", afirma Marcelo Reis, sócio e vice-presidente de criação da Leo Burnett Tailor Made.

Os outros prêmios foram uma prata e um bronze conquistados pela Borghi/Lowe em trabalhos para a Boehringer Ingelheim, além da JWT, que ficou com um bronze e uma prata para o mesmo trabalho –um case para o hospital A.C.Camargo, colocado nas categorias, bem estar e pharma. A edição de 2014 do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade será aberta oficialmente neste domingo (15).

Leia tudo sobre: Cannes