Torcedores enfrentam longas filas para comprar produtos no Castelão

Torcedores que estiveram no estádio na tarde deste sábado tiveram problemas com falta de organização em seu interior e filas gigantescas para comprar água, cerveja e lanches

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

Agência Estado
undefined

Os torcedores que assistiram o jogo Uruguai x Costa Rica no Castelão reclamaram do mau atendimento nas dependências do estádio cearense. Houve reclamações de falta de organização, setores onde só funcionaram uma lanchonete e muitas filas.

O americano Tom Aross, 47, disse que demorou 45 minutos no início do jogo para comprar duas cervejas e uma água. "Filas enormes. Nunca tinha visto isto em outros eventos. Não entendi a razão disso".

Sua mulher, Elare Aross, 37, afirmou que gastou todo o intervalo do jogo para comprar apenas um sorvete. "Não fui no banheiro nem nada. Quinze minutos apenas para comprar um sorvete. Só isso", contou.

A professora brasileira Maria Clara Viveros, 38, endossou as reclamações contra as longas filas. "Foi falta de organização. Paguei por um ingresso caro e não tive o atendimento à altura do que investi".

A demora em receber o atendimento fez vários torcedores perderem dois gols da virada costa-riquenha no segundo tempo. Quando Duarte marcou o segundo gol, aos 12 min, ainda era possível notar várias arquibancadas vazias.

Além das filas, o jogo deste sábado também ficou marcado por longos engarrafamentos antes da partida começar. A avenida Raul Barbosa foi a mais travada, com vários torcedores abandonando seus veículos para tentar chegar ao estádio a pé.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave