Concentração em Curitiba não influiu no resultado, dizem espanhóis

Na tarde deste sábado (14), os espanhóis voltaram a treinar na capita parananse

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

"Quem ganha pode ir aonde quiser." Com essa frase o técnico Vicente del Bosque rebateu as críticas pelo estilo de concentração escolhido para a Espanha, derrotada por 5 a 1 pela Holanda nesta sexta (13), em sua estreia na Copa.

O time está concentrado em Curitiba, no CT do Atlético-PR, e treinou sob 13 graus Celsius antes de jogar sob 25 graus Celsius em Salvador.

"Cada um pode escrever o que quiser", afirmou o treinador. "Nós tentamos fazer o melhor possível. Se estivéssemos treinando na praia e houvesse acontecido o que aconteceu ontem [sexta], diriam que foi disparatado."

O questionamento surgiu por causa do contraste entre o estilo de concentração da Espanha e o da Holanda. Enquanto os espanhóis estão trancados no centro de treinamento, os holandeses ficaram no Rio e foram à praia e ao Cristo Redentor.

Antes do jogo com os espanhóis, o técnico da Holanda, Louis van Gaal, disse que era importante manter seus jogadores felizes. Neste sábado (14), os holandeses permitiram o acesso de familiares dos atletas aos treinos.

"Estamos contentes onde estamos", disse neste sábado (14) o lateral-esquerdo espanhol Jordi Alba. "Eu pessoalmente prefiro treinar aqui porque é mais frio." Na mesma linha foi o zagueiro Sérgio Ramos. "O clima não é desculpa. Desculpas são coisa de perdedores e a Espanha tem uma mentalidade ganhadora."

Na tarde deste sábado (14), os espanhóis voltaram a treinar em Curitiba. Os titulares exercitaram tiros de corrida e os reservas repetiram lances de finalização e de saída de jogo. Houve também treinamento de dois toques, tradicional na seleção espanhola.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave