Presos provocam tumulto em penitenciária de Sabará

Colchões e toalhas foram incendiados após guardas capturarem uma sacola com celular e substância semelhante a maconha; incidente ocorreu durante horário de visita

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Policiais militares foram chamados para combater princípio de tumulto no presídio de Sabará
Divulgação / Polícia Militar
Policiais militares foram chamados para combater princípio de tumulto no presídio de Sabará

Presos colocaram fogo em toalhas e em um colchão durante horário de visitação no presídio de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), agentes penitenciários  interceptaram uma sacola que foi arremessada no pátio do banho de sol,  às 13h deste sábado (14).

Na sacola, havia um celular e uma bucha de substância semelhante a maconha. Após a apreensão, alguns presos atearam fogo em toalhas e em um colchão, como forma de retaliação. A secretaria confirmou que a Polícia Militar foi acionada, mas não que não precisou intervir, já que o fogo foi controlado pelos próprios agentes e, apesar da presença de vistantes, não houve incidentes envolvendo reféns. Ainda de acordo com a Seds, visitação transcorreu normalmente até o horário previsto neste sábado, às 17h.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave