Pekerman satisfeito por tirar o peso na volta da Colômbia ao Mundial

Seleção colombiana não disputava a Copa do Mundo de 1998, o que gerava uma certa apreensão com relação ao comportamento dos jogadores no primeiro jogo da competição deste ano

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro |

Para um país louco por futebol, ficar 16 anos sem disputar uma Copa do Mundo é quase uma tragédia. A Colômbia não jogava um Mundial desde 1998, na França. O longo jejum causava ansiedade visível em cada torcedor e até nos jogadores e na comissão técnica.

Esse era exatamente o grande medo do técnico Jose Pekerman, argentino que comanda a seleção colombiana. Mas um gol logo nos primeiros minutos ajudou a minimizar a pressão e o treinador ficou muito satisfeito com o comportamento do time no compromisso inaugural.

"Estou muito feliz porque era a estreia da Colômbia em Copa do Mundo depois de muito tempo fora da competição e porque enfrentamos um adversário difícil. Fiquei muito satisfeito com o resultado, que é importante para a sequência da competição", disse Pekerman.

O comandante do time tricolor acredita que sua equipe cresceu com o resultado e tirou lições importantes para a sequência do Mundial.

"Foi uma experiência a mais para nós. Alguns detalhes dos times são importantes quando se joga uma Copa do Mundo. Os gregos jogaram vários Mundiais, têm jogadores experientes e em alguns momentos tivemos desequilíbrios pela capacidade rival. Temos que estar sempre preparados", disse Pekerman.

Leia tudo sobre: Jose PekermanColômbiaMineirãoCopa do Mundo