Felipão confia em mim faz tempo, diz Oscar

Oscar treinou mal e também não foi bem nos dois amistosos realizados antes da Copa, contra Panamá e Sérvia. Nesse meio tempo, ele esperava o nascimento da filha Júlia, que aconteceu um dia antes, 5 de junho, de a seleção enfrentar os sérvios em São Paulo

iG Minas Gerais | Da redação |

Oscar disse neste sábado (14), no centro de treinamento da CBF em Teresópolis, que não temeu perder a vaga de titular por causa dos treinamentos ruins que fez desde que a seleção se apresentou para disputar a Copa do Mundo. "O Felipão confia em mim faz tempo. Não é de hoje. E essa confiança foi comprovada dentro de campo. Ele respondeu isso para vocês [e que quem escalava era ele]. Ele sempre confiou o máximo em mim", disse o camisa 11 da seleção brasileira. Oscar treinou mal e também não foi bem nos dois amistosos realizados antes da Copa, contra Panamá e Sérvia. Nesse meio tempo, ele esperava o nascimento da filha Júlia, que aconteceu um dia antes, 5 de junho, de a seleção enfrentar os sérvios em São Paulo. Seu reserva imediato, Willian, que é seu companheiro no Chelsea, treinava bem na disputa pela posição. Felipão também usou Ramires na função de Oscar em treinamentos. "Pode ser que tenha acontecido isso comigo [preocupação com a esposa e com a filha]. Eram importantes os amistosos, mas eram amistosos. Copa do Mundo é outro sentimento", disse o meia da seleção brasileira. Na estreia do Mundial, contra a Croácia, Oscar foi junto com o Neymar o melhor em campo, marcou um gol e participou dos outros dois na vitória por 3 a 1. Oscar, 22, disse não se considerar um dos melhores jogadores do mundo, apesar de jogar no poderoso Chelsea, da Inglaterra, e de ser titular da seleção brasileira em uma Copa. "É difícil se considerar um grande jogador, falar de suas qualidades. Não sei explicar as minhas qualidades, como faço algo bem ou como não faço", disse o jogador.

Leia tudo sobre: copa do mundoseleção brasileiraseleçãobrasilfutebol