Ambulante colombiano sem ingresso chega à esplanada do Mineirão

Sem nenhuma identificação que permitia sua presença no local, Victor Suárez vende pulseiras e faz pinturas de rosto na entrada do Gigante da Pampulha

iG Minas Gerais | ANA PAULA PEDROSA |

Sem ingresso, nem credencial da Fifa, o ambulante Victor Suárez, 27, não encontrou problemas para chegar à esplanada do Mineirão. Desde às 7h ele vendia pulseiras das cores da Colômbia e no Brasil por R$1 cada e pintava o rosto dos colombianos por R$2. No início do jogo já tinha faturado R$ 200 para custear sua estada no Brasil até o fim da Copa.

Ele veio de Bogotá e viajou 22 dias de moto para chegar ao Brasil. Chegou no último dia 19 e vai ficar até meados de julho, vai seguir a seleção colombiana, mas não vai assistir a nenhum jogo porque não tem dinheiro para os ingressos.  "Estou muito feliz por estar aqui, mas muito triste por não ver nenhum jogo", disse.

Leia tudo sobre: colômbiacoombianoambulanteingressocredencialárea fifaesplanadamineirão