Prefeito revela presenças de ingleses ilustres em Manaus e exalta Copa

Arthur Virgílio Neto comemorou muito o fato de a capital do Amazonas receber uma competição do porte do Mundial

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES e LEANDRO CABIDO |

Manaus (AM). "Um orgulho para Manaus ser sede da Copa do Mundo". Com essas palavras, o ex-Senador Arthur Virgílio Neto, atual prefeito da capital do Amazonas, comemorou o fato do Norte do Brasil participar do Mundial 2014.  

Palco de um dos mais importantes jogos da primeira fase da Copa, Inglaterra e Itália, Manaus, segundo o próprio prefeito, está preparada para receber autoridades governamentais de ambos os países, além de craques do passado.

"Vamos receber neste jogo entre Inglaterra e Itália os craques do passado de ambos os países. Autoridades dos governos europeus também estarão presentes. Inclusive, almoço neste sábado com membros da alta escala de governo inglesa", disse Virgílio.

O mandatário da capital do Amazonas ficou satisfeito com a alta procura dos turistas por Manaus. Nas ruas da cidade manauara, durante todo o dia, era possível ver pessoas de várias nacionalidades. Além de ingleses e italianos, colombianos, equatorianos e espanhóis dominam esquinas e ruas da capital.

"Tomamos todas as medidas necessárias para receber bem os turistas. É um evento nunca antes visto no Brasil. Nem mesmo a Copa de 1950 pode se comparar à magnitude deste evento. Manaus jamais recebeu algo desse tamanho".

A expectativa da prefeitura local é que mais de 100 mil pessoas passem por Manaus durante os jogos do Mundial.

Leia tudo sobre: prefeitomanauspresençasilustresjogoitaliaItáliaInglaterracopa do mundo