Move na Estação Venda Nova

BHTrans informou que faz últimos ajustes para integrar avenidas nos próximos dias

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

Obras. Veículo do Move usado por O TEMPO precisou desviar de cones, terra e operários na Pedro I
UARLEN VALERIO/ O TEMPO
Obras. Veículo do Move usado por O TEMPO precisou desviar de cones, terra e operários na Pedro I

As próximas fases de operação do Move (nome dado ao BRT da capital), com utilização das estações de integração das avenidas Pedro I e Vilarinho, na região Norte de Belo Horizonte, devem entrar em funcionamento até o fim do mês. A previsão foi dada nessa sexta pelo presidente da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), Ramon Victor Cesar. Segundo ele, estão sendo feitos os últimos ajustes nas duas avenidas para que milhares de usuários do transporte coletivo da região estejam totalmente integrados ao sistema nos próximos dias. Nessa sexta começou nova etapa do projeto, com incorporação da Estação Venda Nova ao Move, por meio da linha 61 (Venda Nova/Centro - Direta).

Desde nessa sexta, a linha 61, já existente, passou a operar com ônibus articulados e a usar, pela primeira vez, a pista exclusiva da avenida Pedro I, antes de acessar o corredor Antônio Carlos – em funcionamento desde maio. Os ônibus vão direto pela avenida ao centro, sem utilizar as estações de integração, em obras.

Em função das intervenções na avenida Pedro I, o veículo no qual a reportagem de O TEMPO embarcou na Estação Venda Nova precisou desviar de cones, terra e operários que trabalhavam em estações e viadutos. Foram gastos 38 minutos até o centro, no horário de pico da manhã.

Próxima fase. Segundo o presidente da BHTrans, as próximas linhas paradoras que vão se integrar ao Move são a 63 (Estação Venda Nova/Lagoinha), a 64 (Estação Venda Nova/Santo Agostinho) e a 65 (Estação Vilarinho/Centro). “Para isso eu dependo das estações de transferência da Pedro I, o que é uma questão de um ou dois fins de semana.” A linha 68 deverá ser criada para ligar de forma direta a Estação Vilarinho ao centro.

Linhas

Bandeirantes.  Linhas convencionais foram substituídas nessa sexta. A 2004, que ligava o Bandeirantes, na Pampulha, ao Pilar, no Barreiro, foi trocada por duas linhas integradas: a 5106, que liga o Bandeirantes ao BH Shopping, no bairro Belvedere, na região Centro-Sul; e a 3030, que sai do centro até os bairros Pilar e Olhos D’Água, no Barreiro.

São Bernardo. A antiga linha 2402A (São Bernardo /Nossa Senhora da Glória) foi substituída por outras quatro: 5550 (Estação Pampulha/Estação São José); 712 (Estação Pampulha/São Bernardo); 406 (Estação São José/Pindorama); e 4037 (Nossa Senhora da Glória/Centro).

Balanço. Com esta nova fase, a estimativa é que mais 22 mil usuários/dia sejam atendidos pelo Move. A intenção da BHTrans é ampliar conexão, conforto e acessibilidade do BRT para corredores não exclusivos.

Exceção

Paradas. A linha 61, aos domingos e feriados, vai trafegar como paradora (passando pelos pontos da rua Padre Pedro Pinto e da pista mista da Pedro I e nas estações da Antonio Carlos),

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave