Pacotes nacionais ficaram 40% mais baratos na última hora

Quem decidiu viajar em cima da hora vai sair lucrando contrariando o senso comum de que quem compra antes encontra melhores preços

iG Minas Gerais |

Destinos nacionais ficaram mais baratos para junho e julho
REJANE ARAUJO/6.9.2009
Destinos nacionais ficaram mais baratos para junho e julho

Quem decidiu viajar na última hora de férias durante a Copa vai pagar mais barato. Contrariando o senso comum de que quem compra antes encontra preços melhores, companhias aéreas, hotéis e agências estão com espaço de sobra para fazer promoções nesse período. O presidente da CVC, Luiz Eduardo Falco afirma que os preços caíram até 40%.  

O diretor de planejamento da Azul Linhas Aéreas, Marcelo Bento, diz que é possível encontrar bilhetes até 50% mais em conta.

O presidente da CVC explica que antes do sorteio dos grupos da Copa, a Fifa bloqueou tanto quanto pôde vagas em voos e hotéis, pois não sabia como a competição seria distribuída pelas cidades-sede. Depois que as tabelas saíram, em dezembro passado, quando a Fifa teve a real dimensão do evento, começou a desbloquear as vagas. “Foi nessa hora que caiu a ficha do mercado, que estava com os preços altos demais”, diz.

O presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav), Antônio Azevedo, o ingresso de turistas estrangeiros durante a Copa pode ficar até 15% abaixo da expectativa do governo, que é de 600 mil. Um dos motivos é a crise na Argentina, que reduziu a atração de vizinhos, turistas que seriam representativos durante a competição. Além disso, afirmou Azevedo, os hotéis elevaram demais os preços há alguns meses, assustando os viajantes.

Leia tudo sobre: passagens áereas40% mais baratasCopa