Lula acredita que xingamentos a Dilma foi incentivado pela imprensa

O ex-presidente ainda conclamou a militância a reagir aos ataques de uma "campanha violenta"

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Lula diz que imprensa incentivou xingamentos a Dilma
TERRA BRITTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 16.1.2013
Lula diz que imprensa incentivou xingamentos a Dilma

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (13), no Recife, que a imprensa incentivou os xingamentos feitos por torcedores à presidente Dilma Rousseff, na quinta-feira (12), durante a abertura da Copa do Mundo.

"Ela incentivou o tempo inteiro essa reação da sociedade", afirmou o presidente para uma plateia de 2.500 militantes petistas, ao lado de Dilma.

Lula ainda conclamou a militância a reagir aos ataques de uma "campanha violenta". "Se ofenderem a Dilma, estão ofendendo a cada um de nós e nós temos a obrigação de reagir e não permitir", afirmou. "A elite brasileira está conseguindo fazer o que nós não conseguimos fazer: despertar o ódio", afirmou.

As vaias e os xingamentos a Dilma teriam começado na área VIP do estádio. Torcedores gritaram "Ei, Dilma, vai tomar no c...".

Pela manhã, no Distrito Federal, a presidente disse que não iria se "deixar perturbar por ofensas verbais".

"Descobri ontem que respeito e educação a gente não aprende na universidade. Aprende no berço, na casa da gente", afirmou Lula.

O ex-presidente, que já havia criticado as "elites", disse que no estádio "não tinha ninguém de cor".

"Não tinha ninguém pelo menos moreninho. Era a parte bonita da sociedade", afirmou.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE), disse que a presidente é alvo de um "cerco violento" da elite. "Essa minoria nos odeia porque eles não fizeram em 500 anos o que nós fizemos pelo país", afirmou.

Leia tudo sobre: Lula; PT; DILMA