Vicente del Bosque não culpa Casillas pelo revés antológico

Para comandante da seleção da Espanha, todos os jogadores e ele próprio foram os culpados pela goleada sofrida e não somente o goleiro

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Salvador (BA). A atuação pífia da Espanha culminou na goleada holandesa na tarde desta sexta-feira, na Fonte Nova. Um resultado inesperado e que colocou em dúvida a titularidade de Casillas no gol da Fúria. Porém, o técnico Vicente del Bosque não vê o arqueiro como o grande culpado pela goleada.

“Não é momento de buscar culpados. Acho que a derrota não veio apenas de um jogador. O que houve foi a fraqueza de toda a equipe; Não podemos culpar ninguém, nem Iker Casillas”, declarou o treinador.

Casillas falhou de forma bisonha no quarto gol da Holanda, e ainda mostrou indecisão nos lances do primeiro e do quinto tentos da Laranja.

Reina e De Gea são os outros goleiros da Fúria no Mundial. Um deles pode acabar assumindo a titularidade nos próximos embates.

Quem também não teve uma tarde feliz foi o atacante David Silva, que perdeu uma oportunidade de ouro, quando a Espanha vencia por 1 a 0. 

“O David Silva poderia fazer o segundo gol, mas não fez. Em seguida, teve o gol de empate. Foi o divisor de águas no jogo”, opinou o técnico espanhol, que também não crucifica Silva pela falha.

“Não é um momento feliz para nós, mas acima de tudo, como esportista, parabenizo a seleção da Holanda, que no segundo tempo foi superior e nos controlou. Não é o momento de buscar culpados. Todos somos culpados. Não resta mais nada a não olhar para frente e buscar nosso jogo contra o Chile”, resumiu.

Leia tudo sobre: EspanhaCasillasDel BosqueCopa do Mundo 2014