Gaal permitiu que familiares visitassem os jogadores antes da goleada

Esposas e filhos dos atletas da seleção holandesa tiveram uma 'reunião' às vésperas do duelo de estreia na Copa

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Que tipo de treinador deixaria os jogadores verem suas esposas em plena concentração para um confronto tão importante como Espanha e Holanda, pela Copa do Mundo? A resposta é: Louis Van Gaal. Aquilo que para muitos seria algo totalmente impossível nos dias de hoje, foi uma atitude normal na visão do técnico da Laranja.

Na manhã desta sexta-feira, Gaal permitiu que as mulheres dos atletas holandeses visitassem seus maridos, ciente de que horas depois, eles estariam em campo, diante da atual campeã do mundo, a Espanha. Ver os entes queridos pode ter sido um combustível a mais aos laranjas, mesmo que o comandante não relacione este fato com a goleada de 5 a 1.

“Na quinta-feira e nesta manhã (de sexta-feira), dei permissão para que todas as esposas dos jogadores os visitassem. E que os filhos deles também visitassem seus pais. Fiz isso para que ficassem felizes. Mas não significa que ganharam por conta disso Sempre disse a eles que haveria momentos que as esposas iriam visita-los”, relatou Gaal. O técnico holandês também não se ilude com o placar elástico desta sexta-feira e sabe que o time não pode entrar no clima de ‘oba-oba’. Ele salienta que ainda há muito trabalho pela frente nesta Copa.

“Nosso jogadores sabem que não pode haver euforia. E temos uma comissão técnica que fará com não haja euforia”, ressaltou.

Leia tudo sobre: seleção holandesagaalholandafamíliavisitafamiliares