'Contra o Brasil será diferente, eles são favoritos', diz técnico

Técnico jogou favoritismo para a seleção brasileira

iG Minas Gerais | Folha Press |

O técnico Miguel Herrera deixou a Arena das Dunas muito contente com o desempenho dos jogadores mexicanos na vitória de 1 a 0 sobre Camarões, nesta sexta-feira (13).

"Superamos o rival em todos os aspectos", afirmou. "Quando saiu o gol parecia que estávamos no estádio Azteca", emendou o treinador, ao se referir ao gol de Peralta e à grande torcida mexicana que está em Natal.

Nem mesmo os dois gols mal anulados de Giovani dos Santos tirou a satisfação de Herrera.

"Em nenhum momento pensamos no árbitro dentro do vestiário. Podemos reclamar em campo, sim. Mas [os jogadores] estavam bem concentrados, com calma, pensando no jogo e não no árbitro. Eles foram mentalmente muito fortes", analisou o treinador.

O México, agora, tem três pontos ao lado do Brasil no Grupo A, enquanto Croácia e Camarões estão zerados. E, na próxima terça-feira (17), os líderes se enfrentam em Fortaleza.

"O jogo contra o Brasil vai ser diferente. Camarões não é o Brasil. O Brasil é favorito, é dono da casa. Temos que defender bem como hoje e ganhar os espaços do Brasil".

Sobre a estreia da seleção brasileira, Herrera limitou-se a dizer que "houve muita pressão" sobre os brasileiros porque a expectativa é sempre muito grande.