Imprensa espanhola repercute derrota da Fúria: "Humilhação mundial"

Principais diários da Espanha deram manchetes pesadas à derrota da seleção espanhola

iG Minas Gerais | Da Redação |

Diário Marca classificou derrota como
Reprodução/ Marca
Diário Marca classificou derrota como "Humilhação mundial"

A goleada da Holanda diante da Espanha é o grande destaque desta Copa do Mundo até agora. No duelo que reeditou a final da Copa da África do Sul, os campeões até saíram na frente, mas levaram a virada e acabaram goleados pelos holandeses. Como não poderia ser diferente, a imprensa espanhola trata o jogo desta tarde, na Arena Fonte Nova, em Salvador, como um tragédia.

Principal jornal esportivo da Espanha, o Marca traduz tudo o que ocorreu em pouco mais de 90 minutos com a seguinte manchete: “Humilhação Mundial”. O periódico de Madrid descreve que o resultado aconteceu em função dos presentes dados por Casillas e pelada defesa, além dos erros do treinador Vicente Del Bosque, tanto na posicionamento tático da equipe quanto nas alterações.

Outra manchete pesada foi do Jornal As, que publicou “O pior pesadelo do campeão”, destacando as grandes atuações de Robben e Van Persie, que marcaram dois gol cada um. De acordo com o AS, desde 1963 que a Espanha não sofria cinco gols na mesma partida, quando perdeu por 6 a 2 para a Escócia.

Se os jornais da capital tratam a partida com uma grande tragédia, as publicações em Barcelona tratam o 5 a 1 da Holanda apenas como um resultado muito ruim. O Sport descreve a partida como um pesadelo para a Espanha. Enquanto o Mundo Deportivo descreve a partida como “Um tapa da Holanda”.

Embora a seleção espanhola conte com jogadores de Barcelona, o clima separatista da Catalunha, que deseja a independência em relação a Madrid, os moradores da região não tem muito apreço pelo time da Espanha. Mesmo com a equipe de Vicente Del Bosque contando Piqué, Busquets, Iniesta, Xavi e Pedro, todos jogadores do Barcelona.