Servidores protestam em frente ao Fórum Lafayette nesta sexta-feira

Eles pedem a posse dos 1.200 servidores selecionados no concurso público de 2009; segundo eles TJMG quer adiar posse

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Cerca de 150 servidores do Sindicato dos Servidores da Justiça de 1ª Instância do Estado de Minas Gerais (Serjusmig) estão concentrados fazendo um ato frente ao Fórum Lafayette, na avenida Augusto de Lima, região Centro-Sul da capital nesta sexta-feira (13).  Eles pedem a nomeação de 1.200 servidores precários que passaram no concurso público realizado em 2009.

Segundo a presidente do sindicato Sandra Margareth Silvestrini de Souza, o concurso vence em janeiro do ano que vem, mas o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) está pedindo a prorrogação do prazo para a posse dos servidores. “Eles alegam que com o processo eletrônico esses servidores não serão necessários, mas nós discordamos, porque o número de processos cresce muito a cada ano e são necessários servidores para o trabalho”, explica.

De acordo com Sandra o julgamento do pedido de prorrogação será feito na próxima segunda-feira (16) no Conselho Nacional de Justiça e se o prazo for prorrogado, corre-se o risco do concurso vencer e os servidores não empossarem. “Não é justo por que eles fizeram um concurso e passaram, precisam exercer os cargos”, afirma.

Ainda de acordo com ela, membros do movimento vão tentar entregar uma carta ao  presidente do Superior Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, que está em um evento nesta sexta-feira (13) no fórum, pedindo que ele intervenha para que não haja o adiamento da posse.

A reportagem de O TEMPO procurou a assessoria de imprensa do TJMG que ficou de responder a demanda. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave