Ausência de Falcão não alivia preocupação da Grécia com a Colômbia

Técnico Fernando Santos garante que estilo ofensivo de jogo do adversário deste sábado será mantido, mesmo sem sua referência

iG Minas Gerais | BERNARDO MIRANDA |

undefined

Mesmo sem Falcão, a Colômbia ainda preocupa ofensivamente o técnico da Grécia, o português Fernando Santos. Apesar da seleção sul-americana estar sem o seu principal jogador, Santos acredita que pouca coisa muda no estilo de jogo do adversário. "Estamos atentos a jogadores como Carlos Bacca, que tem muita qualidade e vai nos dar trabalho. A Colômbia vem jogando há um bom tempo sem Falcão e tem demostrado um bom futebol", disse Santos, elogiando o atacante colombiano que joga no Sevilla da Espanha.

Já o capitão grego, o meia  Giorgos Karagounis, diz que Falcão faz falta a Copa. "É um dos melhores jogadores do mundo. Em uma competição como essa queremos ver todos os craques em campo e é uma pena não termos Falcão aqui", ressaltou.

Se para a Colômbia o reforço da motivação dos jogadores vem do bom clima entre jogadores e torcida, segundo o técnico Jose Pekerman, para o atacante grego Giorgos Samaras a força de seu equipe vem da união do grupo. "Estamos confortáveis e confiantes em nossos colegas. Sabemos que todos farão o melhor para equipe", indica o capitão.  Mostrando confiança, o atacante Samaras recebeu a incumbência de marcar amanhã. " Tenho certeza que ele irá marcar amanhã, eu confio nele", disse aos risos o capitão Karagounis.