Grécia refuta status de defensora e vai tentar vitória sobre Colômbia

As duas equipes se enfrentam no Mineirão, neste sábado, às 13h

iG Minas Gerais | BERNARDO MIRANDA |

Seleção da Grécia anda não conseguiu desembarcar no Brasil
Facebook/Reprodução
Seleção da Grécia anda não conseguiu desembarcar no Brasil

A Grécia não irá se preocupar só em marcar. Pelo menos é esse o posicionamento do técnico que comanda a equipe, o português Fernando Santos. Ele concedeu entrevista coletiva logo após o treino de reconhecimento do gramado do Mineirão,onde a Grécia enfrenta amanhã a Colômbia. Com respostas curtas, Santos deixou claro que não gosta da fama de retranqueira da seleção que comanda."Os colombianos não devem se preocupar apenas com a defesa da Grécia e sim com a equipe inteira. Não estamos a que para passear, viemos para ganhar e vamos jogar para ganhar", ressaltou o comandante. O capitão da equipe grega,  o meio campo Giorgos Karagounis, confirmou a postura ofensiva da Grécia "Antes de se preocuparem em marcar nossa equipe, os colombianos terão que se preocupar em como não sofrer gols", afirmou o único jogador da da Grécia que estava presente na vitória da seleção na Eurocopa de 2004. Na ocasião o time grego venceu a competição com um forte esquema defensivo,marcando poucos gols. Ironicamente, o único jogador que deixou escapar o estilo de retranca, foi a maior esperança de gols da Grécia, o atacante Giorgos Samaras. "Temos historicamente um estilo de jogo que já é conhecida. Se não levarmos gol, precisamos marcar apenas uma vez para ganharmos. Essa é nossa filosofia", disse o atacante, enquanto técnico Fernando Santos balança a cabeça negativamente ao se lado na entrevista coletiva. Além do mistério de que se a Grécia vai jogar ou não na retranca, Santos também não quis revelar qual é a equipe que começa jogando.